Estrutura logística da S0PH atrai empresários Bolivianos que vão construir Unidade de processamento de amêndoas na Capital

Escrito por
Atualizado: junho 5, 2019

A Administração estadual do governador Marcos Rocha (PSL), obteve uma excelente   noticia na manhã desta quarta feira, através do presidente da Sociedade de Portos  e Hidrovia do Estado de Rondônia, o advogado e jornalista  Amadeu Hermes Santos da Cruz, que foi a decisão de empresários Bolivianos em Instalar uma unidade de processamento de amêndoas na capital.

O Presidente da SOPH recepcionou  na sede da sociedade uma caravana de empresários bolivianos, lideradas pelo senhor José Edgar, Vice Presidente da Cadexnor Câmara de comércio das Empresas Bolivianas, senhor Erisvaldo – Diretor Geral da empresa Tribos Representação Pinhalense, senhor Sérgio Cardoso – Supervidor Geral de Equipamentos da empresa Blacutt Hermanos, que  vieram conhecer “In Loco” a estrutura física e operacional dos Portos da Capital.

Amadeu Hermes, após a apresentação das Instalações da SOPH (Instalações operacional,  logística, estrutura física)  teve a aprovação  e a garantia   dos empresários Bolivianos que será instalado  uma fábrica de processamento  de amêndoas que inicialmente estava programada  para a cidade de Riberalta, informou ainda  os empresários resolveram participar do consórcio de empresas da Zona de Processamento de Exportação – ZPE em Porto Velho.

Na reunião,  Dr Amadeu teve a informação de que todos os equipamentos e estrutura metálica chegarão em nossa cidade no prazo de 30 dias, destacou que em breve o governador  Marcos Rocha estará assinando  a Carta de Intenção para se dar prosseguimento às instalações.

Finalizou dizendo que o governador Marcos Rocha com essa ação demonstra sua preocupação em fortalecer a economia do estado, atraindo empresários, gerando assim emprego e renda para população.

Da Redação Folha.

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.