Comandante da PM/RO destaca políticas sociais no combate ao crime no estado

Escrito por
Atualizado: julho 10, 2019

Coronel Ronaldo Flores foi entrevistado nessa segunda-feira, e entre as principais políticas sociais de segurança defendidas por ele, está a educação

O Programa a Voz do Povo, apresentado pelo jornalista e advogado Arimar de Souza Sá ao vivo de segunda-feira à sexta-feira do meio-dia às 13 horas na capital em pela Rádio Caiari 103,1 e pela Antena FM em Rede Estadual, recebeu nessa segunda-feira (08), o comandante da Polícia Militar do Estado de Rondônia (PM/RO), coronel Ronaldo Flores.

Na entrevista, o comandante disse que a criminalidade no estado, assim como em nível nacional, traz grandes preocupações, pois não é um problema apenas da segurança pública, e, “portanto, são necessárias muitas ações, especialmente nas consequências, com políticas voltadas para a cultura, esporte, lazer, geração de emprego e renda, e uma série de fatores vinculados aos fatos que regem os crimes contra a sociedade”.

O uso de novas tecnologias, aliado a estratégias de inteligência, também foram citados pelo coronel como um forte aliado no combate ao crime e segundo ele, tem tornado a Polícia Militar de Rondônia modelo para outros estados.

“Com muita frequência nos reunimos com os comandos gerais de todo o país para tratar sobre a segurança pública, e o que temos apresentado, tem sido copiado por muitos estados”, destacou.

No programa, o comandante lembrou que o papel da Polícia Militar se refere ao policiamento ostensivo e preservação da ordem pública, “e quando a criminalidade é maior, passamos a atender ocorrências, especialmente de ordem cultural como: roubos, homicídios e feminicídios, que não são possíveis de se evitar”.

Educação e Escolas Militares

Entre as principais políticas sociais de segurança defendidas pelo comandante, a educação teve maior ênfase, e conforme salientou, ela não pode ser transferida de casa para os professores, pois pode causar uma desagregação e resultar num futuro adulto criminoso.

“Começando por uma educação no lar, a reestruturação da família com pais conduzindo a educação dos filhos através de ensinamentos como: o respeito aos pais, professores, pessoas mais velhas, e autoridades, certamente os resultados serão sempre melhores”, reforçou.

Questionado sobre a atuação dessas políticas dentro das Escolas, relatou que a Polícia Militar tem frequentado as instituições de ensino, debatido com diretores e coordenadores, e garantido maior segurança através das rondas policiais e em caso de necessidade, com a presença da Polícia nas Escolas.

Perguntando sobre a educação nas Escolas Militares, lembrou que, entre os critérios utilizados para a implantação delas nos municípios do estado, e que tem sido atendido junto à Secretaria de Educação é que, perto de uma Escola Militarizada, exista uma que não seja, para que os pais possam ter a liberdade de escolha, “mas de um modo geral, as Escolas Militares têm dado muito certo”.

A preocupação em não medir esforços conjuntos em defesa da segurança, segundo o comandante, tem sido levada à risca através de planejamentos com outros órgãos de políticas públicas.

“Lógico que temos ciência que teremos resultados a pequeno, médio e logo prazo, mas o que se espera, é que, nestes esforços conjuntos, possamos ter resultados diferentes”, complementou.

Efetivo

Com 5.400 policiais militares em todo o estado, o comandante, assegurou que o número tem sido a contento para atender a população, “com efetivo em condições de armamento e estrutura”.

No programa, o comandante a PM/RO também falou sobre outras parcerias que propiciam condições de assistências sociais junto à segurança pública como o Proerd, que tem Sede em Porto Velho, mas atende milhares de crianças em diversos municípios do estado; Escolinhas de Futebol; Polícia Militar Mirim que tem feito a diferença na vida de muitas crianças e adolescentes no estado; ações desencadeadas no combate ao crime e operações realizadas neste sentido em parceria com a Polícia Civil; perfil e faixa etária dos criminosos; índices; orientou a população sobre como evitar roubos; respondeu a perguntas dos ouvintes e discorreu sobre outros assuntos de interesse de todos.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

A VOZ DO POVO – Entrevista Ronaldo Flores, comandante geral da PM/RO

FONTE: RONDONOTICIAS

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.