Cidades

Câmara de Porto Velho concede título de cidadão honorário a Phelippe Daou Junior e moções de aplauso a servidores da SEMAD

O vereador Edwilson Negreiros (PSB), presidente da Câmara Municipal da Capital, concedeu título de cidadão honorário a Phelippe Daou Júnior, CEO da Rede Amazônica, e moções de aplauso tanto a ele quanto a servidores a Secretaria Municipal de Administração (SEMAD).

No caso dos servidores públicos de Porto Velho, as homenagens são adivindas do sucesso relacionado ao programa Bem-Estar do Servidor.

Negreiros exaltou a importância de Daou Júnior no ramo da comunicação regional destacando suas mais de duas décadas de serviços prestados a Rondônia.

“É um empresário respeitado, com trabalho assíduo e abnegado no setor de comunicação. Como líder, desenvolveu métodos de expansão valorizando sempre a Amazônia e os amazônidas, levando em conta nossa população regional e defendendo os valores dos rondonienses”, declarou.

O programa Bem-Estar do Servidor

Já as moções de aplauso foram direcionadas a doze servidores que, com empenho e dedicação, fizeram com que o programa Bem-Estar do Servidor saíssem do papel e fosse executado de maneira diligente e objetiva. Doze pessoas entraram no rol da honraria em decorrência desse sucesso.

São elas:

01) Mara Luiza Franco (Médica);
02) Betânea Cristina Souza de Assis (Psicóloga);
03) Diane Souza de Queiroz (Assistente social);
04) Flávia Vanessa (Assessora);
05) Lucas Emenuel da Costa de Souza Florêncio (Estagiário);
06) José Carlos Gomes Negreiros (Assessor de psicologia);
07) Salomão Brito (Motorista);
08) Clarissa Soares da Silva Dias (Psicóloga);
09) Carlos Michele Tosta Meo Varjão
10) Simone Gonzaga Branco
11) Ana Cláudia Geraldes Magalhães (Secretária-adjunta da SEMAD) e;
12) Alexey da Cunha Oliveira (titular da SEMAD).

“O Programa Bem-Estar do Servidor foi criado a fim de diminuir o número de casos relacionados a doenças ocupacionais. É um trabalho que visa a qualidade de vida dos trabalhadores, dessa gente que dedica tudo o que pode para contribuir com a Administração Pública. E o programa só funciona porque a dedicação dessas doze pessoas que hoje recebem a moção de aplauso tem sido imprescindível, dedicado e responsável. Portanto, uma honraria justa. E os parabenizo pelo empenho”, concluiu Edwilson Negreiros.

FONTE: ASSESSORIA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade