Procura por Brangus fica evidente em remate na TV

Escrito por
Atualizado: outubro 3, 2019

Leilão Virtual Brangus HP e Brangus do Sertão faz média de R$ 13.354,13 para 109 touros e R$ 7.972,73 para 66 vacas

A raça Brangus continua conquistando adeptos em todo o Brasil. Cai no gosto dos pecuaristas ao se enquadrar perfeitamente nos planos de quem busca touros rústicos para fazer o repasse das vacas Nelore ou azebuadas em sistemas extensivos de produção, após a inseminação artifical em tempo fixo das matrizes.

Herança de sua porção zebu, de quem ganhou a adaptabilidade necessária para enfrentar a baixa umidade, o ataque de carrapatos e as altas temperaturas – principalmente no Brasil Central. Entretanto, com um rendimento de carcaça acima da média nacional e a indiscutível qualidade de carne adquirida da raça-mãe, o Angus.

Essa forte tendência é pautada na consolidação dos programas de qualidade de carne bovina e mostrou-se mais uma vez presente no Leilão Virtual Brangus HP e Brangus do Sertão, realizado dia 21 de setembro, com transmissão nacional pelo Canal do Boi.

“A demanda aquecida não acontece por acaso, pois além dos benefícios produtivos já mencionados, o gado de corte gerado pelo Brangus ainda proporciona as maiores bonificações dentro dos frigoríficos”, explica a criadora Tita Lancsarics, diretora da Agrícola Anamélia Brangus HP, uma das propriedades que promoveu o evento.

O resultado do leilão refletiu exatemente a demanda do mercado. Os 109 touros Brangus 3/8 colocados à venda registraram a excelente média de R$ 13.354,13. Outras 66 vacas, que também compuseram a oferta, registraram média de R$ 7.972,73. Valores acima das médias registradas nos leilões ocorridos na pré-estação de monta, em virtude da tecnologia embarcada na genética ofertada.

“A Brangus HP vem consolidando a marca com uma equipe unida e focada em entregar um produto de excelente qualidade e mensurado por dados objetivos, tais como avaliação genética,  avaliação de carcaça e genotipagem para pelagem preta ou vermelha, tornando a relação com o cliente cada vez mais transparente”, afirma Tita.

Segundo a diretora da Brangus HP, esses são novos recursos que facilitam a tomada de decisão do pecuarista. Os touros da propriedade alcançaram preço médio de R$ 13.773,03. A mesma satisfação também foi relatada por Ruyter Silva Filho, proprietário da Brangus do Sertão e copromotor do remate, hoje com 20 anos de seleção.

“Vendemos no leilão animais entre 20 e 24 meses prontos para o serviço a campo.  Touros rústicos e perfeitamente adaptados a qualquer tipo de manejo, do Rio Grande do Sul a Roraima”, comprova o titular da Brangus do Sertão, que comemora a venda de reprodutores para vários estados, incluindo os do Norte e Nordeste. Ele comercializou 20 touros à média de R$ 11.490,00.

Uma curiosidade é que o próprio Ruyter era apenas usuário de Brangus. Comprou seus primeiros exemplares para cobrir vacas Nelore e percebeu que a taxa de prenhez obtida manteve-se igual a do touro zebuíno. Também ficou impressionado com a precocidade dos animais gerados: as fêmeas entravam em cio aos 18 meses e os novilhos eram abatidos aos 26 meses, com ótimo acabamento de carcaça.

O Leilão Virtual Brangus HP e Brangus do Sertão atingiu faturamento de R$ 1.981.900,00 com a venda de 175 animais da raça Brangus de gerações avançadas. Destaque para o volume de novos compradores, 60% do total.

“Apesar do remate ter sido virtual, recebemos muitas visitas na fazenda. Ver os animais in loco e contar com o grande volume de informações objetivas disponibilizadas em nosso catálogo fez toda a diferença”, observa Ladislau Lancsarics, também diretor da Brangus HP.

Localizada em Martinópolis, no interior de São Paulo, a Agrícola Anamélia Brangus HP é um reconhecido criatório da raça. Com mais de 20 anos de seleção, possui inúmeros campeões de pista, prova e carcaça, no Brasil e na Argentina.

A base genética é importada, da linhagem Brinks, e os animais são provados com um grande volume de informações em sumários argentinos e norte-americanos. Nos últimos três anos, mais de 500 reprodutores avaliados foram comercializados pela propriedade.

FONTE: ASSESSORIA PECPRESS

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.