Brasil Produtivo

Casa Branca Agropastoril realiza treinamento interno com foco no trabalho em equipe e no atendimento dos clientes

O primeiro atendimento aos criadores e a limpeza das baias dos animais são tão importantes para uma fazenda de pecuária como o correto manejo do gado e a venda de genética. “O sucesso de um projeto pecuário resulta do trabalho de cada membro da equipe e do sentimento de dono de todos: é preciso realizar as atividades mais simples do dia a dia da fazenda com o mesmo comprometimento que o fechamento de grandes negócios, pois, afinal, essa atenção em todos os momentos faz parte do negócio”. A afirmação é de Paulo de Castro Marques, proprietário da Casa Branca Agropastoril.

No dia 18 de janeiro, a Casa Branca Agropastoril reuniu, na Fazenda Santa Ester (Silvianópolis, MG), seus 56 colaboradores, de todas as áreas das propriedades da empresa no sul de Minas Gerais e de Mato Grosso, para falar sobre a importância do trabalho de cada um, do trabalho em equipe e da responsabilidade compartilhada para o sucesso da Casa Branca.

“Estamos iniciando o ano, a Casa Branca está com uma nova gerente de pecuária, a zootecnista Maria de Lamare, e entendemos a necessidade de reunir toda a equipe e fazer um alinhamento sobre a importância de todos e o que esperamos em termos de comprometimento e qualidade dos serviços, tendo como foco a satisfação dos clientes”, ressalta Fabiana Marques, diretora da Casa Branca.

O treinamento foi coordenador pelo zootecnista e gestor de pessoas Denis Arroyo Alves, da consultoria Markestrat. O tema central foi “Time Forte = Clientes Satisfeitos”. Segundo o especialista, mesmo as fazendas pecuárias precisam utilizar novas formas de gestão. “O mercado está mudando para todos, inclusive para os fornecedores de genética bovina. Para isso, é essencial que toda a equipe esteja envolvida no objetivo comum de satisfazer os clientes. Cada um precisa saber o que fazer e como fazer segundo a exigência do mercado e, o que é mais importante, compreender sua importância em todo o processo, sempre tendo em vista o melhor atendimento dos parceiros da Casa Branca”, explica o Arroyo.

Esse tipo de treinamento é importante também porque uma empresa é composta por pessoas diferentes, com conhecimentos e experiências distintas. “A formação de um time é difícil, porém fica mais fácil se todos forem informados, com clareza, sobre o que se espera deles. A comunicação interna melhora, assim como o resultado do negócio”, complementa Maria de Lamare, nova gerente de pecuária da Casa Branca Agropastoril. Maria tem mais de duas décadas de experiência na pecuária, tendo prestado serviços durante 18 anos para a Fazenda Sant’Anna e a Central Bela Vista e, nos últimos quatro anos, respondendo pela gerência técnica da Associação dos Criadores de Brahman do Brasil.

“Esse treinamento marcou o início de uma nova fase na Casa Branca. Novas iniciativas serão realizadas para fortalecer ainda mais a equipe, melhorar os processos internos e o atendimento dos clientes”, ressalta Fabiana Marques.

FONTE: ASSESSORIA COM INFORMAÇÕES NOTÍCIAS AGRÍCOLAS

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com