Porto Velho registra o maior volume de chuva do BR em 24h

Escrito por
Atualizado: janeiro 5, 2018

Tocantins e Amazonas também acumulam bastante chuva

A umidade muito elevada e o excesso de calor na atmosfera favoreceram a formação de nuvens de tempestade sobre o Norte do Brasil. Em especial, Rondônia, Amazonas e o Tocantins tiveram chuvas volumosas no período de 24 horas.

Volumes de chuva em 24 horas

A capital Porto Velho (RO) chegou a registrar 117 mm de chuva apenas entre a meia noite e o meio dia desta quinta-feira (4) segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). É um volume bastante elevado para um período de 12 horas e foi o maior do país entre quarta e esta quinta-feira no período de 24 horas.

No Amazonas , o acumulado chegou a 88,2 mm em Eirunepé e 47,6 mmem Manicoré, ambos no sul do estado.

Tocantins também teve bastante chuva, inclusive na capital Palmas. O INMET registrou 57,2 mm entre às 10 horas da quarta-feira (3) e às 10 horas desta quinta-feira. Outros municípios como Marianópolis do Tocantins, Rio do Sono, Dianópolis e Taguatinga registraram acumulados entre 36 mm e 62 mm.

Mais temporais nesta sexta-feira

As áreas de instabilidade vão permanecer bastante ativas sobre a Região Norte do Brasil e a previsão é de mais pancadas de chuva para esta sexta-feira (5). Os maiores volumes são esperados novamente para Rondônia, o Tocantins, o Acre, o centro-sul do Pará e o centro-sul do Amazonas. Há risco de temporais com raios.

Todas as capitais poderão ter chuva forte, com exceção de Boa Vista. Roraima é o estado com menor possibilidade de chuva.

A umidade muito elevada e o excesso de calor na atmosfera favoreceram a formação de nuvens de tempestade sobre o Norte do Brasil. Em especial, Rondônia, Amazonas e o Tocantins tiveram chuvas volumosas no período de 24 horas.

Volumes de chuva em 24 horas

A capital Porto Velho (RO) chegou a registrar 117 mm de chuva apenas entre a meia noite e o meio dia desta quinta-feira (4) segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). É um volume bastante elevado para um período de 12 horas e foi o maior do país entre quarta e esta quinta-feira no período de 24 horas.

No Amazonas , o acumulado chegou a 88,2 mm em Eirunepé e 47,6 mmem Manicoré, ambos no sul do estado.

Tocantins também teve bastante chuva, inclusive na capital Palmas. O INMET registrou 57,2 mm entre às 10 horas da quarta-feira (3) e às 10 horas desta quinta-feira. Outros municípios como Marianópolis do Tocantins, Rio do Sono, Dianópolis e Taguatinga registraram acumulados entre 36 mm e 62 mm.

Mais temporais nesta sexta-feira

As áreas de instabilidade vão permanecer bastante ativas sobre a Região Norte do Brasil e a previsão é de mais pancadas de chuva para esta sexta-feira (5). Os maiores volumes são esperados novamente para Rondônia, o Tocantins, o Acre, o centro-sul do Pará e o centro-sul do Amazonas. Há risco de temporais com raios.

Todas as capitais poderão ter chuva forte, com exceção de Boa Vista. Roraima é o estado com menor possibilidade de chuva.

FONTE: CLIMATEMPO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.