Gleisi, Aníbal Gomes e Raupp serão os próximos a serem julgados na Lava Jato pelo STF.

Escrito por
Atualizado: maio 21, 2018

 Nesta terça-feira (22) a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) retoma o julgamento da primeira ação penal que definirá se um acusado da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal será considerado culpado ou inocente – o deputado Nelson Meurer (PP-PR). A expectativa no STF é de que mais três parlamentares sejam julgados ainda neste ano, informa a jornalista Mariana Oliveira, da TV Globo.

Segunda Turma do STF retoma nesta semana julgamento de ação da Lava Jato contra o deputado Nelson Meurer (PP-PR) (Foto: Viola Junior/Câmara dos Deputados)Segunda Turma do STF retoma nesta semana julgamento de ação da Lava Jato contra o deputado Nelson Meurer (PP-PR) (Foto: Viola Junior/Câmara dos Deputados)

Segunda Turma do STF retoma nesta semana julgamento de ação da Lava Jato contra o deputado Nelson Meurer (PP-PR) (Foto: Viola Junior/Câmara dos Deputados)

A ação penal que acusa a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) de corrupção e lavagem já foi liberada pelo relator da Lava Jato, Luiz Edson Fachin, e está em fase final de revisão pelo ministro Celso de Mello. A expectativa é de que seja julgada ainda neste semestre.

Mais duas ações penais estão quase finalizadas pelo relator da Lava Jato e devem ser liberadas para julgamento ainda neste semestre – as que acusam de fraudes o deputado Aníbal Gomes (MDB-CE) e o senador Valdir Raupp (MDB-RO). Essas só devem ser julgadas depois do recesso de julho.

Outra expectativa é julgar no segundo semestre o recebimento de denúncia na Lava Jato que pode tornar réu o senador Renan Calheiros (MDB-AL). A primeira denúncia da Lava Jato contra ele analisada foi rejeitada pela Segunda Turma..

Por Gerson Camarotti

FONTE: https://g1.globo.com/politica/blog/gerson-camarotti/post/2018/05/21/gleisi-anibal-gomes-e-raupp-serao-os-proximos-a-serem-julgados-na-lava-jato-pelo-stf.ghtml

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.