Atualidades

Crédito Rural para pequenos produtores supera R$ 1 bilhão em quatro anos

Pequenos produtores rurais de Rondônia beneficiaram-se com mais de R$ 1 bilhão em diversos financiamentos à atividade no campo, destacando-se Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Esse volume corresponde aos quatro anos do primeiro mandato do governador Confúcio Moura, conforme levantamento divulgado hoje (21) pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater).

Segundo relatório da empresa, o crédito rural movimenta em média mais de R$ 200 milhões em Rondônia, incluindo-se infraestrutura e custeio.

“Parcerias com instituições financeiras criaram oportunidades de investimentos jamais vistos no setor agropecuário”, comentou o secretário executivo da Emater, Luiz Gomes. Ele mencionou como exemplo a Feira de Tecnologia e Negócios Agropecuários – Rondônia Rural Show, que na terceira edição possibilitou ao produtor custeio da atividade – lavoura, criação de peixes, gado bovino e leiteiro, suínos – e aquisição de equipamentos para melhorar o padrão da propriedade.

Nesse aspecto, a presença de extensionistas da Emater no período de 2010 a foi fundamental para a elaboração das 43,2 mil propostas de crédito que superaram o montante de R$ 1 bilhão.

Qualidade de vida

Com ações voltadas para a execução de políticas públicas do governo estadual, a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Regularização Fundiária (Seagri) fortaleceu o trabalho da Emater e suas ações influenciaram diretamente na qualidade de vida dos agricultores familiares. “Nossos programas e projetos somaram-se à capacidade produtiva de Rondônia, e isso significou o desenvolvimento agroeconômico do Estado”, comentou Gomes.

a piscicultura já se consolidou como setor produtivo de Rondônia e representa um grande incremento na economia do estado, porém é preciso que haja investimento em tecnologia. “Não adianta querer criar peixe, gado ou galinha de forma artesanal, tem que utilizar as tecnologias que estão disponíveis e a Emater está apta para fazer essa assessoria de forma gratuita”, diz o secretário.

A Emater orientou e contribuiu para a legalização de empresas, por meio de ações em parceria entre Seagri, Emater, Agência Idaron, Sedam, Ministério da Agricultura e prefeituras. Inexistente em 2010, o programa já regularizou 188 agroindústrias familiares e 242 encontram-se em fase de regularização

AÇÕES DA EMATER

O mais recente levantamento da Emater totaliza 38,04 mil famílias assistidas, o que resulta em aproximadamente 115 mil beneficiários diretos nas atividades de desenvolvimento econômico e sociocultural. A empresa aplicou 23 métodos de assistência técnica e extensão rural, incluindo-se atividades individuais e grupos de produtores.

❶ Fortalecimento da pecuária leiteira
❷ Ampliação da atividade piscícola com regularização das propriedades rurais
❸ Incremento do setor agroindustrial familiar
❺ Incentivo à agricultura com distribuição de sementes
❻ Crédito rural e investimento no aumento da produção de calcário e nitrogênio
❼ O Programa de Verticalização da Pequena Produção Agropecuária (Prove) fortaleceu pequenas agroindústrias rurais.
❽ Inexistente em 2010, o programa já regularizou 188 agroindústrias familiares e 242 encontram-se em fase de regularização.
❾ A Emater orientou e contribuiu para a legalização de empresas, por meio de ações em parceria entre Seagri, Emater, Agência Idaron, Sedam, Ministério da Agricultura e prefeituras.

Investimento em piscicultura ultrapassa 600%

Políticas públicas estaduais aumentaram a piscicultura em Rondônia. Das 12 mil toneladas em 2010, a produção de pescado saltou, em 2014, para 80,1 mil toneladas/ano, em 11,8 mil hectares de lâmina d’água. O recurso financeiro proporcionada kpela atividade cresceu cerca de 600%, saltando de R$ 46 milhões em 2010 para R$ 280,6 milhões atualmente.

O incentivo oferecido pelo governo estadual para a consolidação da piscicultura como atividade lucrativa de alta rentabilidade para o produtor vai muito mais além. Já foi alcançada a meta governamental 80 mil toneladas/ano de peixes.

“Em Ariquemes, uma indústria está sendo ampliada; outros quatro pequenos frigoríficos estão em fase de instalação, e indústrias de ração também estão se firmando para abastecer a região”, relata Gomes.

Fonte: Sesdec

 

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
google.com, pub-7782545053471182, RESELLER, f08c47fec0942fa0 #adxnobeta google.com, pub-6305837203541982, RESELLER, f08c47fec0942fa0 #adsensenobeta advertising.com, 27019, RESELLER #VerizonVideonobeta adtech.com, 11471, RESELLER #VerizonDisplaynobeta rubiconproject.com, 20572, DIRECT, 0bfd66d529a55807 #rubiconnobeta rtbhouse.com, TDT9X1pgz7VI2ogjzQLQ, RESELLER #RTBHousenobeta criteo.com, 167147, DIRECT #Criteonobeta vdopia.com, 15003, DIRECT, 49a66ce31a704197 #video nobeta chocolateplatform.com, 15003, DIRECT, 49a66ce31a704197 #video nobeta vdopia.com, 15003, DIRECT, 49a66ce31a704197 #banner nobeta chocolateplatform.com, 15003, DIRECT, 49a66ce31a704197 #banner nobeta appnexus.com, 3153, RESELLER, f5ab79cb980f11d1 #nobeta152media appnexus.com, 10478, RESELLER, f5ab79cb980f11d1 #nobetaFI

BAIXE NOSSO APLICATIVO

TEMPO REAL

EM LINHAS GERAIS

TEIA DIGITAL

RESENHA POLÍTICA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com