Capital: MDB prepara Convenção Municipal para escolher novos dirigentes de olho em 2020

Escrito por
Atualizado: agosto 12, 2019

O  Partido MDB (Movimento Democrático Brasileiro) já se movimenta  na preparação de sua convenção Municipal que vai escolher  o presidente da Comissão executiva Municipal, os membros da Comissão, os membros do diretório municipal e  seus suplentes, bem como delegados a convenção Estadual, tudo de conformidade com a legislação eleitoral.

Os novos dirigentes municipais a serem escolhidos em convenção tem como missão principal preparar a legenda para as eleições majoritária e proporcionais de 2020 em Porto Velho, onde o MDB vai disputar a prefeitura da Capital com candidatura própria.

O MDB tem estatura politica suficiente para pleitear a disputa para uma eleição majoritária em Porto Velho, pois tem uma militância aguerrida, ocupa três cadeiras na Câmara Municipal, tem um excelente horário no programa eleitoral (Radio e Televisão) tendo no estado vários prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, um senador da Republica, um deputado federal , 3 deputados estaduais, vários diretórios distritais, isto é tem peças para jogar no tabuleiro politico da capital.

O MDB da capital tem excelentes nomes para encabeçar uma chapa para comandar a sigla, entres eles o empresário Dirceu Fernandes Machado. O advogado Leandro Low Lopes, o economista Neirival Pedraça, todos considerados emedebistas históricos, tendo inclusive os três já comandado o MDB na capital, e ainda tem outra emedebista histórica que também vai submeter seu nome na convenção municipal para comandar o MDB, a servidora da Saúde Maria Rita.

A convenção esta marcada para o 30 de Agosto na sede do Diretório Municipal na Ruas Elias Goraieb, das 08h00 as 17H00, em Porto Velho

A eleição do novo diretório de Porto Velho visa unir as lideranças do partido e independente quem seja o presidente , com certeza será resultado da coesão de todos e alinhados com  o Diretório estadual, esta unidade resultará num MDB maior ainda e mais forte, segundo um dirigente do Partido a hora é para  disputar com nossos adversários e não entre MDBistas, relatando que pode haver uma chapa de união entre as lideranças Partidárias.

Da Redação Folha

Autor Gomes Oliveira Jornalista

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.