100 dias de governo, sem nada para apresentar, o fiasco do início da Administração Marcos Rocha – por Gomes Oliveira

Escrito por
Atualizado: abril 8, 2019

Sempre tenho dito em minhas matérias, que o coronel não é o capitão (Coronel Marcos Rocha – Capitão Jair Bolsonaro) vejamos a diferença entre as administrações do coronel e do capitão;

Em cem dias de governo federal, o presidente Jair Bolsonaro, mandou para o congresso Nacional o projeto de lei  da nova previdência, a Lei anti crimes e corrupção do ministro Sergio Moro, acabou com horário de verão, acabou com as multas eletrônicas dos famosos pardais, anunciou o Decimo terceiro para o bolsa família, abriu as contas do BNDES, estancou a sangria das lei Rouanet, e varias outras ações que afeta a vida dos Brasileiros.

Agora vejamos o que o Coronel Marcos Rocha fez aqui nas terras de Rondon

Ato 1

 Mandou tirar diárias e passagens pelo IDARON pra ele e a mulher, para ir xavecar o presidente Bolsonaro em Brasília, na posse presidencial, isso sem ser, ser empossado no cargo de governador, e sua mulher não ter sido nomeada secretaria de estado

Ato 2

Toma posse e some pra Brasília com a mulher e deixa o estado 4 dias à deriva, sem secretários e delegados, diretores dos hospitais, tudo pra tirar 4 fotos com a esposa, junto do presidente Bolsonaro.

Ato 3

Nomeia a mulher, a ex mulher, as ex cunhadas e parente do seu líder na ALE deputado estadual Eyder brasil.

Ato 4

Persegue toda categoria dos seus ex colegas de servidores da segurança pública e decreta intervenção nos presídios.  Ja são + de 100 foragidos entre assassinos e traficantes

Ato 5

Nomeia os diretores e presidentes das autarquias e empresas de economia mista sem cumprir a constituição.  Ao ser alertado pela imprensa, manda um recado contra o parlamento e deputados: “quem manda no estado sou eu”.

Ato 6

Ao ser questionado por jornalistas das suas presepadas, acusa a imprensa de golpistas e fake News.

Ato 7

O estado é acometido por enchentes que causa morte e transtornos de pontes e estradas vicinais, toda a malha viária, principalmente as estradas coletoras estão intransitáveis, e o governador do estado   se esconde na cobertura e play round do palácio Rio Madeira.

Ato 08

Choca o povo e o eleitorado ao desencadear QUASE CINCO MIL nomeações sem critérios, mesmo tendo pregado um governo enxuto.

Ato 09

Aparece na sua prestação de contas no TRE doações partidárias, mesmo tendo pregado que, assim como Bolsonaro não usaria verbas partidárias.

Ato 10

Mesmo com milhares de desabrigados pelas cheias dos rios, não teve coragem de pegar um helicóptero e visitar as comunidades atingidas e levar o exemplo de solidariedade.

Ato 11

Até agora 100 dias não teve capacidade de desbloquear o orçamento e colocar a máquina pública funcionar.

Ato 12

Em 100 dias nenhuma ação concreta para funcionar a saúde, que acabou virando o escândalo dos ratos.

ATO 13

Contratou para as duas mais importantes secretarias de desenvolvimento do Estado, 2 irmãos do grupo em recuperação judicial, devedor de impostos e sem a menor condição e visão de governo.

Ato 14

Usou o partido e a militância dos PSL para chegar ao governo de Rondônia. E depois de eleito, menosprezou e traiu os seus grandes aliados.

Ato 15

Importou do Ceará o diretor do DER – Departamento de Estrada e Rodagem, sem conhecer os 52 municípios e as rodovias estaduais.

Ato 16

Não visitou nenhum município de Rondônia para agradecer aos eleitores pelo voto de confiança que o tornou governador, exceto o município de Ouro Preto do Oeste, onde foi um evento oficial do governo de Rondônia.

Segundo o deputado estadual Jair Montes, não há um projeto de lei, uma propositura, nada, absolutamente nada, enviado pelo governador  Marcos Rocha para ser debatido na Assembleia Legislativa pelos deputados, parece que estamos vivendo tudo as mil maravilhas, o que não é verdade.

O governo Marcos Rocha é um completo fiasco nesses 100 dias, pois até agora não há nada de relevante, nada de digno, para apresentar aos Rondonienses, que depositaram em seu nome todas as esperanças de um estado com dias Melhores.

Ciente de seu péssimo início de governo, já busca responsáveis, elegendo como principal deles o ex governador Daniel Pereira, que foi acusado por Marcos Rocha de ter deixado um estado quebrado, com uma divida de mais de 400 Milhões de Reais, o que foi prontamente combatido pelo ex governador Daniel Pereira

Com um secretariado fraquíssimo e inexperiente em todos os aspectos, Marcos Rocha já tem um grande desafio pela frente, que é se articular dentro da Assembleia Legislativa para evitar que prospere um pedido de impeachment dentro do poder legislativo.

Sem base e sem articulação politica dentro da ALE.RO, o Governador já atrai para si e seu governo a pecha de quem faz uma administração pífia, ridícula e mixuruca.

Com diz a famosa lei de Murphy “O que começa errado, fatalmente terminará errado” quem viver verá

Autor: Gomes Oliveira Jornalista

Da Redação Folha

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.