Precocidade dos animais é destaque em etapa do Circuito Nelore de Qualidade no MT

Escrito por
Atualizado: maio 20, 2019

A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), a Friboi e a Matsuda Sementes e Nutrição Animal premiaram, durante a AcriCorte, em Cuiabá (MT), os vencedores da segunda etapa do Circuito Nelore de Qualidade, realizada em abril na unidade da Friboi em Pontes e Lacerda (MT). A etapa foi realizada em conjunto com a Associação dos Criadores de Nelore do Mato Grosso (ACNMT).

“A etapa de Pontes e Lacerda do Circuito Nelore de Qualidade avaliou 1.087 animais. Os resultados confirmam a precocidade de terminação de carcaça do Nelore, característica determinante para a qualidade da carne e para a rentabilidade do produtor. Nós, da ACNB, estamos muito satisfeitos com a parceria com a Friboi, que objetiva valorizar os criadores que contribuem para o aumento da produtividade da pecuária brasileira”, destaca Nabih Amin El Aouar, presidente da ACNB.

Participaram do Circuito 610 machos e 477 fêmeas, enviados por 14 pecuaristas. A precocidade foi destaque: 76% dos machos enquadraram-se na categoria de novilhos precoces, com até quatro dentes incisivos permanentes, e 85% das fêmeas tinham até dois incisivos permanentes. Quanto ao peso, 95% dos machos abatidos tinham pelo menos 18 arrobas.

 

Campeões – A medalha de ouro de melhor lote de carcaças de machos ficou com Antonio Ronaldo Rodrigues da Cunha. Armando Caprioglio ficou com a prata e Silvano dos Santos com o bronze. Os premiados pelos melhores lotes de carcaças de fêmeas foram Daniel Quintela Brandão (ouro), Edinael Jorge Manfrin (prata) e Rafael Correia Lessi (bronze). Os lotes medalhas de ouro foram presenteados com 500 quilos de suplementos minerais Matsuda, que serão entregues em suas propriedades com o acompanhamento da equipe técnica da empresa.

Circuito Nelore de Qualidade – Promovida pela ACNB desde 1999, a iniciativa passou a contar com a parceria da Friboi este ano. Com isso, a ação dobrou de tamanho e terá 25 etapas em 10 estados brasileiros. Cerca de 20 mil carcaças devem ser avaliadas até o fim de 2019, chegando a uma marca recorde desde o lançamento do Circuito. A terceira etapa está prevista para os dias 21 e 22 de maio, em São Miguel do Guaporé, em Rondônia.

FONTE: ASSESSORIA TEXTO COMUNICAÇÃO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.